40 homens invadem fazenda, torturam e ameaçam funcionários

Nesta quarta -feira (21), no distrito de Vista Alegre do Abunã, em Porto Velho, cerca de 40 homens armados invadiram uma propriedade rural.

A fazenda invadida pertence ao dono do Centro Universitário Uninorte, Ricardo Leite, o Rico.

Conforme boletim de ocorrência duas pessoas haviam sofrido lesões corporais e tortura durante a invasão.

Os invasores, após adentrarem na Fazenda Santa Carmem, renderam e torturaram dois funcionários que estavam no local.

As vítimas que trabalham na fazenda informaram à polícia que foram ameaçados de morte e tiveram todos os seus pertences destruídos ou roubados, incluindo seus carros.

O grupo de criminosos também destruiu a casa onde os funcionários da fazenda moravam e atearam fogo no carro e na moto das vítimas. O caso ocorreu na mesma região em que policiais militares foram emboscados em outubro de 2020.

As forças de segurança do Estado investigam o caso e buscam prender os acusados que, segundo Informações, são membros da Liga Camponesa dos Pobres (LCP), um grupo semelhante ao movimento dos Sem Terras, porém, mais agressivo.

A reportagem tentou contato com o proprietário Ricardo Leite para obter mais detalhes da ação criminosa, mas não conseguimos respostas sobre o incidente.

Fonte: Voz MT

Kauzz

Sou blogueiro, twiteiro, vlogueiro, youtuber, biólogo, social media e podcaster. Vivo buscando conhecimento e informação nesse mundo caótico, ao lado da minha morena.

Deixe um comentário