Boi domesticado adora entrar de fininho em casa para desafiar os donos

O boi Sven foi domesticado e criado em casa ao lado de seis cachorros. Por conta disso, durante boa parte do tempo, ele parece pensar e agir como um cão, assim como seus irmãos.

“Ele é incrivelmente inteligente e adora guloseimas e ser escovado”, disse Nicole Fredericks, mãe de Sven e técnica veterinária licenciada e reabilitadora de vida selvagem. “Ele adora abraços, mas eles têm que estar em seus termos.”

Há um amplo espaço para Sven na propriedade dos donos: são 9 acres disponíveis e compartilhados com cães, gatos, porcos, cabras, galinhas, pombos e um papagaio. Com tantos animais, as coisas podem definitivamente ficar um pouco caóticas às vezes e, claro, Sven adora aumentar o caos tentando entrar furtivamente dentro de casa sempre que tem a chance.

Ele não pode entrar porque tende a escorregar no chão e acabar se machucando. Assim, os donos pedem para o boi ficar do lado de fora, mas ocasionalmente ele acaba testando a sorte.

“Sempre que a porta fica aberta por mais de alguns minutos, ele vai escapar”, disse Nicole. “Os bois são animais super, super curiosos (piores que os gatos) e quando ele era um bebê ele ficou doente por alguns dias e morou na minha lavanderia por um tempo, então ele estava acostumado a ficar dentro de casa. Ele raramente consegue entrar porque eu me certifico de trancar a maçaneta. ”

Recentemente, Nicole estava na sala de estar quando percebeu que não tinha fechado a porta completamente e logo soube o que estava para acontecer. Em segundos, Sven passou vagando, casualmente abrindo caminho pela casa.

Felizmente, Sven adora guloseimas, então Nicole conseguiu atraí-lo para fora novamente sem muitos problemas. Claro, definitivamente não será a última vez que Sven tenta invadir a casa. Ele é muito curioso e muito determinado.

“Eu geralmente rio se ele consegue entrar e apenas pego algumas guloseimas para suborná-lo de volta para fora antes que qualquer dano seja feito”, disse Fredericks. “As vacas são muito motivadas por comida, então ele normalmente sai para comer um biscoito. Ele chegou há alguns meses, fez todo o caminho até o meu quarto e me acordou. ”

A regra pode ser que Sven não seja permitido na casa, mas ele não se importa. Ele vai continuar tentando para sempre, e Fredericks vai continuar rindo e atraindo-o para fora novamente com biscoitos, nunca realmente se importando porque eles amam muito Sven.

“Não acho que ele tenha qualquer aspecto de ‘Eu não deveria fazer isso’ do jeito que um cachorro teria”, disse Fredericks. “Se eles querem fazer algo; eles simplesmente fazem isso! ”

Fonte: Catioro Reflexivo

Kauzz

Sou blogueiro, twiteiro, vlogueiro, youtuber, biólogo, social media e podcaster. Vivo buscando conhecimento e informação nesse mundo caótico, ao lado da minha morena.

Deixe um comentário