Bolsonarista de MT é intimado para prestar esclarecimento de ataques ao STF

Marcelo Stachin recebeu um mandado de intimação pela Delegacia de Polícia Federal em Sinop (478,9 km de Cuiabá), para prestar esclarecimentos sobre ataques realizados ao Supremo Tribuna Federal (STF).

O pedido foi expedido pelo delegado Rodrigo Norberto Martins de Souza, na última quarta-feira (03).

No dia 27 de maio de 2020, o engenheiro de 34 anos, já estava sendo investigado pela PF, na época, ele estava sendo investigado por disseminar ameaças e ofensas ao STF.

Além disso, Stachin é conhecido por defender as ações realizadas pelo presidente Bolsonaro. Em suas redes sociais, é possível encontrar diversas postagens criticando o Supremo.

Ainda no ano passado, ele realizou convocações para que a população invadisse o STF e Congresso Nacional, em Brasília. Também em 2020, ele foi candidato a prefeito em Sinop, pelo Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB), onde recebeu 560 votos.

Marcelo usou suas redes sociais, para se colocar contrário ao mandado de intimação por parte da PF, ele ainda afirmou que a missão está apenas começando.

“Essa é a consequência de lutar contra a corrupção, defender o Brasil, a nossa liberdade, a família, a fé cristã apoiar o presidente Bolsonaro, atuando contra o socialismo e comunismo entranhado em nossa nação”, disse Stachin em sua rede social.

Fonte: Gazeta Digital

Kauzz

Sou blogueiro, twiteiro, vlogueiro, youtuber, biólogo, social media e podcaster. Vivo buscando conhecimento e informação nesse mundo caótico, ao lado da minha morena.

Deixe uma resposta