Boneca sexual vai a tribunal, vence o caso e consegue autorização pra entrar no país

A Corte Administrativa de Seul, na Coreia do Sul, recebeu no banco dos réus uma boneca sexual em tamanho real. Isso porque o Aeroporto Internacional de Gimpo bloqueou a importação de tais bonecas.

Em janeiro de 2020, uma empresa do país tentou importar uma dessas bonecas lá da China através desse aeroporto, mas as autoridades impediram a entrada do produto, dizendo que tal coisa denegriria a moralidade do país.

A empresa apelou e o caso foi pros tribunais. A boneca foi “convocada” ao julgamento, já que a defesa da boneca dizia que não havia nada nela que por si só “denegriria a moralidade do país”, e que se alguém quer fazer coisas bizarras com a boneca, não é culpa dela.

O tribunal decidiu a favor da boneca: “nós não vemos esse item explicitamente exibindo partes íntimas ou condutas sexuais que cause danos graves ou distorça a dignidade humana”. Agora ela pode entrar em Seul e distorcer a dignidade humana à vontade.

Fonte: Ovelhas Voadoras

Kauzz

Sou blogueiro, twiteiro, vlogueiro, youtuber, biólogo, social media e podcaster. Vivo buscando conhecimento e informação nesse mundo caótico, ao lado da minha morena.

Deixe uma resposta