Brad Pitt ameaça processar Parada do Orgulho Hétero por fazerem dele o mascote

Brad Pitt não está nada feliz com a Parada do Orgulho Hétero. Essa frase pode até parecer um tanto estranha, quando lida pela primeira vez, mas existe uma explicação plausível. Recentemente, um grupo de homens da cidade de Boston, nos Estados Unidos, se uniu com o intuito de promover a Parada do Orgulho Hétero, evento organizado como “resposta” ao Mês do Orgulho LGBT, que acontece em junho. E adivinha quem foi o mascote escolhido?

Sem o consentimento do ator, os três homens responsáveis pela organização elegeram Pitt como o rosto oficial da campanha. “Nós da comunidade heterossexual escolhemos Brad Pitt como o nosso mascote! Parabéns ao Sr. Pitt por ser o rosto deste importante movimento social. Direitos heterossexuais são os direitos humanos”, diz um comunicado da Super Happy Fun America.

Bandeira do “Orgulho Heterossexual” adotada pelo movimento.

No entanto, de acordo com o The Hollywood Reporter, Brad não gostou nem um pouco da associação e ameaçou processar o evento caso sua imagem não fosse retirada imediatamente. Aparentemente, o apelo deu certo, já que, em menos de 24 horas, qualquer menção ao astro foi retirada das propagandas do evento.

De acordo com os membros Parada do Orgulho Hétero, a ideia surgiu pelo entendimento de que “as pessoas heterossexuais são uma maioria oprimida socialmente”. Outros artistas se mostraram contra a organização, como foi o caso de Chris Evans, o Capitão América. Recentemente, o ator declarou em seu Twitter que o desfile é composto por “pessoas que querem enterrar os próprios pensamentos gays sendo homofóbicos”.

Fonte: Adoro Cinema

Kauzz

Sou blogueiro, twiteiro, vlogueiro, youtuber, biólogo, social media e podcaster. Vivo buscando conhecimento e informação nesse mundo caótico, ao lado da minha morena.

Deixe um comentário