Corredor perseguido por urso sobrevive para contar história

O rapaz acima se preparava para correr no Parque Nacional Grand Teton, no Wyoming (EUA), quando notou que era stalkeado por um urso. Apesar do susto, Evan Matthews manteve a calma e recuou lentamente, enquanto falava diretamente com o animal.

Foram cerca de 800 m até estar em segurança novamente. Trajeto que ele consegiu registrar por meio da câmera do celular.

Apesar das ordens de Matthews, o urso não se abalou e continuou a perseguição.

“Não me importo se você está com fome, não sou sua comida”, diz o rapaz no vídeo, “podemos dar um passeio se você quiser, mas não chegue mais perto.”

Apesar da surpresa nem um pouco agradável, Matthews não costuma correr de bolsos vazios no local. Em dado momento da gravação, ele revela estar munido de um spray anti-urso, o qual não queria usar. Isso significara uma proximidade extremamente perigosa do bicho.

Na descrição do clipe compartilhado no YouTube, o rapaz stalkeado explicou não ter corrido, para que o urso não o confundisse com uma possível presa. “Continuei falando com ele para mostrar que era um humano e não outro animal.”

Matthews também disse que se fingir de morto não ajudaria na situação em questão: “Isso pode salvar a sua vida se uma mãe ursa com filhotes estiver atacando, pois ela pode pensar que a ameaça acabou”, esclareceu.

“Um urso sozinho interessado em você não está tentando eliminar uma ameaça, mas encontrar um alvo fácil”, reflete o corredor. “Não seja um”, pontuou. Felizmente, Matthews consegiu voltar para o carro e deixar o urso de barriga vazia.

Fonte:R7

Kauzz

Sou blogueiro, twiteiro, vlogueiro, youtuber, biólogo, social media e podcaster. Vivo buscando conhecimento e informação nesse mundo caótico, ao lado da minha morena.

Deixe uma resposta