Homem mata e fatia o corpo do próprio pai para usá-lo como suporte de televisão

O crime que este cometeu acabou se tornando conhecido por todo o mundo, Nathan Robinson, chegou a matar o próprio pai em um acesso de fúria e depois teve a coragem de esquartejá-lo deixando partes do corpo em caixas dentro de sua casa, para usá-lo como adereço de decoração. O crime brutal chocou toda a internet.

De acordo com a polícia local, o rapaz deixou as caixas na sala, e usou elas como hack para sua televisão. A vítima tinha 48 anos de idade e foi mutilado com várias ferramentas cortantes.

Ao que tudo indica, pai e filho brigaram por conta de dinheiro, um vizinho ouviu o bate boca entre eles, porém na hora pensou que era apenas uma discussão entre pai e filho. O vizinho contou para as autoridades que depois de um tempo a casa ficou um silêncio total. O pai de Nathan Robinson teria gritado a seguinte frase antes de ter sido golpeado, “você espera que eu te banque até o fim da vida?”.

O jovem que não era bobo e nem nada, tentou se passar por seu pai durante um tempo, e usava o aparelho celular dele para conversar com as pessoas, durante o tempo que fingiu ser o pai, ele teria roubado mais de 30 mil reais.

Nathan Robinson chegou ainda a contratar uma equipe de limpeza, para ocultar os rastros do seu crime. Porém um dos vizinhos que mora embaixo do apartamento da dupla, notou um líquido de coloração distinta aparecendo no teto e achou estranho. Mas ao falar com Nathan ele não mostrou nenhuma reação.

A polícia foi acionada, e eles descobriram que a mancha no banheiro era sangue diluído com algum produto, as autoridades prenderam o rapaz, e logo depois ele confessou o crime. De acordo com o rapaz ele devia mais de 100 mil para seu pai.

O corpo da vítima foi achado 1 mês depois do crime, e tudo teve ocorreu após a namorada da vítima entrar em contato com a polícia. Assim que chegaram na casa encontraram as caixas com pedaços dos corpos cobertas de moscas.

Fonte: Notiscias

Kauzz

Sou blogueiro, twiteiro, vlogueiro, youtuber, biólogo, social media e podcaster. Vivo buscando conhecimento e informação nesse mundo caótico, ao lado da minha morena.

Deixe uma resposta