Jovem processa os pais por ter nascido ‘sem o seu consentimento’; caso emblemático voltou a repercutir

Se você tem filhos ou até mesmo irmãos, possivelmente já deve ter escutado alguma vez esta pessoa dizer em um momento de raiva que “não pediu para nascer”, certo? Contudo, a história de um jovem indiano de 27 anos, que foi compartilhada há um certo tempo, voltou a repercutir recentemente, após uma nova divulgação, e mostra que ele levou essa afirmação mais a sério. Quer entender o motivo?

De acordo com detalhes compartilhados pelo portal T13, Raphael Samuel, 27, relatou em um vídeo compartilhado no YouTube que faz parte de um movimento de “antinatalismo” — que em linhas gerais vai contra o nascimento de novos humanos — e por isso iria processar os pais, para que arcassem com os custos para ele viver, uma vez que não pediu para nascer.

Durante o vídeo, com ajuda de uma barba falsa e um óculos, para preservar detalhes físicos de sua identidade, o jovem disse: “Se nascemos sem nosso consentimento, eles devem nos apoiar durante nossa vida. Temos de ser pagos pelos nossos pais, para viver”.

E a mãe de Samuel se pronunciou, dizendo que irão a juízo uma vez que ambos os pais são advogados e ficaram impressionados com a manifestação do filho. “Se Raphael pudesse dar uma explicação racional de como poderíamos ter pedido seu consentimento para nascer, aceitarei minha culpa”, disse a mulher.

Por fim, não foram revelados novos detalhes sobre o caso até o momento.

Fonte: Metroworldnews

Kauzz

Sou blogueiro, twiteiro, vlogueiro, youtuber, biólogo, social media e podcaster. Vivo buscando conhecimento e informação nesse mundo caótico, ao lado da minha morena.

Deixe um comentário