Mulher que se casou consigo mesma admite adultério e descobre que foi traída por ela mesma!

Para muitos, adultério não é motivo de riso, mas uma mulher britânica que “se casou” há dois anos causou muita zombaria e alegria nos telespectadores de This Morning ao anunciar que havia sido infiel a si mesma.

Sophie Tanner, que amarrou o nó com si mesma em Maio de 2015, revelou ao anfitrião Amanda Holden que ela havia traído a si mesma com Ruari Barrett, um polyamorist que também já está casada com ele, relata O Sol .

Embora o conceito possa parecer rebuscado, a prática de casar-se – conhecida como sologamia – está crescendo em popularidade no Reino Unido, com muitas mulheres optando por uma cerimônia completa para comemorar o evento. O pai de Tanner estava até presente para dar Sophie como noiva.

No dia em que se casou consigo mesma, fez todo um escarcéu e teve até um cara fingindo ser bispo, enquanto ela fingia estar feliz.

Os casamentos próprios não são legalmente reconhecidos por nenhum órgão oficial, mas os proponentes dizem que isso equivale a mais do que “o cúmulo do narcisismo da Geração Selfie”, como o Daily Telegraph se aventurou a sugerir.

Alexandra Gill, uma crítica gastronômica canadense que se casou em 2006, disse ao site que “nossas mães e avós não tiveram a opção de permanecer solteiras … O casamento autônomo é uma oportunidade de celebrar nossa independência pessoal, autossuficiência e liberdade das correntes da convenção. ”

No entanto, os espectadores de This Morning, incluindo Richard Dawkins, não ficaram muito convencidos:

Fonte: The Week

Kauzz

Sou blogueiro, twiteiro, vlogueiro, youtuber, biólogo, social media e podcaster. Vivo buscando conhecimento e informação nesse mundo caótico, ao lado da minha morena.

Deixe uma resposta