Nike rompe com Neymar após investigação de abuso sexual, diz jornal

Mais uma polêmica envolvendo o nome de Neymar! A Nike quebrou o contrato com o jogador após a empresa começar a investigar uma denúncia de assédio de uma funcionária que acusou o atleta brasileiro de agressão sexual, segundo reportagem publicada pelo The Wall Street Journal nesta quinta-feira (27).

A funcionária da Nike contou a amigos, em 2016, que Neymar tentou forçá-la a fazer sexo oral em seu quarto de hotel enquanto estava na cidade de Nova York. Na ocasião, ela estava coordenando eventos e logística para Neymar e sua comitiva.

Em agosto de 2020, quando o contrato foi encerrado antecipadamente, a empresa não revelou ao público o motivo do rompimento. Sobre as acusações, o porta-voz do jogador disse: “Neymar Jr. se defenderá vigorosamente contra esses ataques infundados caso alguma reclamação seja apresentada, o que não aconteceu até agora”.

Segundo a assessoria do jogador, a Nike e Neymar se separaram por motivos comerciais.

Fonte: POP

Kauzz

Sou blogueiro, twiteiro, vlogueiro, youtuber, biólogo, social media e podcaster. Vivo buscando conhecimento e informação nesse mundo caótico, ao lado da minha morena.

Deixe um comentário