Recém-casados ​​enviam fatura de R$1.250 para convidados que não foram à cerimônia

Os recém-casados Doug Simmons, de 44 anos, e Dedra McGee, de 43, desfrutaram de seus 15 minutos de fama depois que a foto da fatura de casamento deles viralizou.

É que o casal resolveu cobrar o montante dos convidados que confirmaram a presença e não foram à cerimônia do casamento.

Eles cobraram USD$ 240 – algo em torno de R$ 1.250 – de cada convidado para cobrir os custos da festa que aconteceu em um badalado resort na Jamaica, o Royalton Negril Resort & Spa.

“Acho que nunca tinha visto uma fatura de recepção de casamento antes”, dizia a legenda da publicação que viralizou no Twitter. A fatura foi postada originalmente nas redes sociais de Doug e causou furor entre os seguidores.

“Esta fatura está sendo enviada a você porque você confirmou o(s) assento (s) na recepção do meu casamento. Como você não ligou ou nos deu a devida notificação de que não compareceria, este valor é o que você nos deve pelo pagamento antecipado de seu (s) assento (s). Você pode pagar via Zelle ou PayPal. Entre em contato conosco e informe qual método de pagamento funciona para você. Obrigado!”

O NY Post, entrou em contato com o casal que confirmou que o casal realmente estava repassando os custos com a festa para os convidados que faltaram no evento. O noivo admitiu que ficou “um pouco mesquinho”, mas garantiu que não é uma pessoa que fica cobrando as pessoas.

Simmons, é empresário em Chicago, nos Estados, enfatizou que não se trata de dinheiro. Ele e a mulher ficaram apenas magoados e se sentiram desrespeitados pelos não comparecimentos em seu casamento dos sonhos, com mais de 100 participantes.

“Nós confirmamos quatro vezes. Perguntamos a eles: ‘Você está disponível para vir, você pode ir?’, e eles continuaram dizendo ‘sim’…”, disse ele em entrevista. “Tivemos que pagar adiantado. O casamento foi realizado na Jamaica”, explicou.

No entanto, na contagem final o casal percebeu que nem todos cumpriram o que disseram. “Ninguém me disse ou me mandou uma mensagem: ‘Ei, não podemos ir.’ Era isso que eu estava pedindo. Se você me disser que não pode vir, eu seria compreensivo, mas não falaram nada. Eu levei isso para o lado pessoal.”

Fonte: O Segredo

Kauzz

Sou blogueiro, twiteiro, vlogueiro, youtuber, biólogo, social media e podcaster. Vivo buscando conhecimento e informação nesse mundo caótico, ao lado da minha morena.

Deixe um comentário