Surto de roubos de bacalhau choca o norte de Portugal

Se você se ofendeu, clica AQUI

A Guarda Nacional Republicana está investigando uma série de assaltos a peixarias no norte do país, onde grandes quantidades (pelo menos cem quilogramas em cada assalto) de bacalhau foram roubadas, em um esquema que faz o caso dos Paióis de Tancos parecer peixe pequeno frente a tal ousadia. A PSP admite a teoria de que os assaltos tenham sido feitos por uma rede internacional de traficantes de tal iguaria, enquanto membros do Chega acusam grupos ecoterroristas de tentarem simular La Casa de Papel, mas com personagens de nomes completamente desconhecidos, já um personagem chamado Braga ou Guimarães já existe em pelo menos uma a cada quatro novelas brasileiras, e o Chaves já foi retirado da grade de programação, além de não ser conhecido se os mexicanos costumam comer bacalhau. Em uma postagem no Facebook, um dirigente do Chega do distrito de Braga chegou a cogitar que tais assaltos sejam obras dos comuninjas.

Estima-se que o bacalhau seja uma das commodities que mais se valorizou com a pandemia da COVID-19, tendo dobrado ou até triplicado de preço em alguns locais. Tal episódio, que tem o potencial de gerar uma grande crise no governo socialista de António Costa, foi por enquanto coberto apenas pelas mídias locais e pelo Correio da Manhã, que aproveitou para publicar a foto de uma gaja boa com sua genitália coberta apenas por um exemplar de tal iguaria, apresentando o subtítulo de dois bacalhaus em uma foto. Quim Barreiros já anunciou que está a compor uma canção sobre tal incidente.

A PSP pediu reforços na vigilância das peixarias dos distritos do Porto e de Braga, além de medidas preventivas no distrito de Aveiro, onde um roubo similar aconteceu, gerando um prejuízo de 70.000€ à economia da região.

Fonte: Desciclopedia

Imagem em destaque: Canal Portugal

Kauzz

Sou blogueiro, twiteiro, vlogueiro, youtuber, biólogo, social media e podcaster. Vivo buscando conhecimento e informação nesse mundo caótico, ao lado da minha morena.

One thought on “Surto de roubos de bacalhau choca o norte de Portugal

Deixe uma resposta