Sinop: Jovem confessou que matou namorada após ciúmes e depois fugiu para Rondônia

Investigadores e o delegado Sérgio Ribeiro, da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança, Adolescente e Idoso (DEDMCI) de Sinop prenderam nesta quarta-feira (02) o namorado suspeito de tirar a vida da adolescente A.F.S, de 17 anos. O corpo da jovem foi encontrado no dia 29 de março deste ano e estava banheiro em uma construção abandonada na Rua dos Aricuris, no Jardim das Oliveiras.

Os policiais com algumas informações chegaram na identificação do local que ele estava escondido. O namorado de 24 anos, foi encontrado no município de Alto Paraiso, 50km de Ariquemes no Estado de Rondônia.

O delegado Sérgio Ribeiro, junto com a equipe de investigadores foram até o local e conseguiram fazer a prisão do rapaz, nome não informado, e posteriormente trouxeram para o município de Sinop em uma aeronave do Ciopaer de Mato Grosso.

Durante o depoimento do rapaz, ele confessou aos policiais que teria matado a adolescente na sua residência, teria asfixiado ela é depois jogado no banheiro de uma casa em ruínas onde o corpo foi encontrado em avançado estado de decomposição.

O suspeito alegou que não aceitava o final do relacionamento e que teria cometido o assassinado por ciúmes. Após o fato ele fugiu e se escondeu na casa de um ex-padrasto.

O caso

A mulher encontrada morta na tarde desta segunda-feira (29) no banheiro de uma construção na Rua dos Aricuris, no Jardim das Oliveiras foi identificada pela Polícia Civil após ser procurado por familiares na delegacia. A vítima foi identificada como A. F. S., 17 anos.

Como já noticiado, o cadáver estava em estado avançado de decomposição, mas conseguiram identificar que ela estava com as unhas pintadas, é pele morena e trajava roupas pretas.

A denúncia partiu dos vizinhos que sentido o odor forte. Quando foram ver em um cômodo, no terreno baldio encontraram a mulher morta. Ela estava vestida e ainda é desconhecida as causa da morte e a identificação.

A perícia técnica esteve no local e realizou os trabalhos. O corpo foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal.

Policiais civis também estiveram no local analisando a cena e começam as investigações para descobrir quem seria a vítima.

Até o momento de o que teria causado a morte da jovem não foi informado.

Familiares disseram na delegacia que o namorado de Alessandra não foi mais visto.

O caso continua sendo investigado.

Fonte: Visão Notícias

Kauzz

Sou blogueiro, twiteiro, vlogueiro, youtuber, biólogo, social media e podcaster. Vivo buscando conhecimento e informação nesse mundo caótico, ao lado da minha morena.

Deixe uma resposta