Cresce casos de Covid-19 e sinopense ‘não liga para isso’ se aglomerando no comércio

Quem circulou pela principal avenida comercial de Sinop, a Júlio Campos, percebeu a movimentação de clientes nas lojas. Isso devido às promoções atrativas dos comerciantes, neste fim de ano.

Segundo a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), desde o dia 10 de dezembro, o comércio de Sinop está funcionando em horário especial, com o objetivo de promover as vendas de Natal e evitar as aglomerações, devido à pandemia do coronavírus. Porém ontem (22), cerca das 19h da noite foi possível ver a quantidade de pessoas à procura de presentes. Mesmo com todas as medidas, não foi possível evitar as aglomerações.

Movimento na Júlio Campos na noite desta terça-feira (22)

Até o fechamento desta reportagem a Prefeitura de Sinop não se manifestou sobre como está sendo a fiscalização do uso de máscaras e o respeito às orientações com relação ao distanciamento social nos estabelecimentos comerciais.

O CISE (Centro de Informações Socioeconômicas da Unemat) realizou uma pesquisa na qual, aproximadamente 82% dos consumidores entrevistados afirmaram que pretendem comprar presentes neste Natal.

Para Rose Almeida, gerente da Eletromóveis Martinello, “apesar da pandemia foi um ano com resultado muito interessante, conseguimos crescer em todos os meses em relação ao mesmo período do ano passado”.

Já nas vendas de vestuário, o consumidor está comprando com cautela. Segundo Maria Luciene Pianta Ribeiro da Oba Oba Center, os clientes estão à procura de opções básicas. “Não está como nos anos anteriores, mas por tudo que passamos e estamos passando ainda, posso dizer que está satisfatório sim”, disse Luciene. A loja está funcionando até as 19hrs30min.

Ainda segunda a pesquisa realizado pelo CISE, aproximadamente 27% dos empresários afirmaram que esperam que o Natal de 2020 seja melhor que o de 2019 e 50% acredita que será tão bom quanto o ano passado.

Marcio Kreibich proprietário da Ferrero Joias afirmou que o movimento neste fim de ano aumentou em 25%. “Em novembro já tivemos uma diferença no movimento e clientes buscando artigos de final de ano”, relatou ao GC Notícias.

No ramo alimentício, a movimentação também foi grande. De acordo com a sócia proprietária da Marmitaria Sapucaias, o número de clientes subiu após meses de fraco movimento no local. Dona Maria relatou ao site que eles adotaram a promoção de entrega grátis para pedidos através do WhatsApp (66) 99687-5147 para que subisse a clientela.

Leia matéria completa no site GC Notícias

Kauzz

Sou blogueiro, twiteiro, vlogueiro, youtuber, biólogo, social media e podcaster. Vivo buscando conhecimento e informação nesse mundo caótico, ao lado da minha morena.

Deixe um comentário