Mulher sente dores após uma festa e descobre tartaruguinha dentro de sua vagina

A expatriada britânica que tinha um filhote de tartaruga morto dentro da vagina pode ter sido vítima de agressão sexual, disse a polícia.

A mulher de 26 anos, que mora em Tenerife, nas Ilhas Canárias, não fazia ideia de que uma tartaruga chinesa de três quilhas estava alojada dentro dela quando apareceu no hospital El Mojon em Arona reclamando de dores abdominais, outlet espanhol El PaÍs relatado.

Quando os médicos descobriram a tartaruga de estimação morta – que causou uma “infecção grave” em seus órgãos genitais – eles chamaram a polícia no sábado à tarde, temendo que ela tivesse sido abusada, informou a ABC.

A mulher não identificada disse à polícia local que estava em uma festa com um grupo de amigos britânicos na noite de quinta-feira na área da praia de Fañabé alguns dias antes, mas não se lembra do que aconteceu naquela noite, segundo o El Pais.

Ela então começou a se sentir mal nos dias seguintes antes de ir para o hospital.

A mulher insistiu que não queria que as autoridades investigassem o estranho incidente e a polícia suspendeu a investigação enquanto aguardava novas informações.

“Não estamos investigando ativamente este assunto porque a mulher se recusou a dar uma declaração”, disse uma fonte policial ao The Sun.

Embora os relatórios iniciais tenham afirmado que o réptil era uma tartaruga, os pesquisadores confirmaram que se tratava de uma tartaruga chinesa de água doce, que é vendida em todo o mundo em pet shops e pode atingir até 30 centímetros de comprimento, informou o El Pais.

Os pesquisadores inicialmente acreditaram que a criatura era uma tartaruga marinha cabeçuda porque eram indígenas do arquipélago das Ilhas Canárias.

Fonte: Nypost

Kauzz

Sou blogueiro, twiteiro, vlogueiro, youtuber, biólogo, social media e podcaster. Vivo buscando conhecimento e informação nesse mundo caótico, ao lado da minha morena.

Deixe uma resposta